Artigos

História de Pasadena, Califórnia

História de Pasadena, Califórnia



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A cidade de Pasadena, Califórnia, foi originalmente estabelecida como a Missão San Gabriel. Os padres espanhóis que estabeleceram a Missão San Gabriel em 1771, vieram para a área depois que receberam uma concessão de terras pelo governo espanhol. A Colônia de Indiana foi fundada em 1874 por fazendeiros de Indiana. Elliott, um residente de Indianápolis com o desejo de começar uma nova vida recomeçando o mais para o oeste que pudesse. Os habitantes da Colônia de Indiana queriam dar à cidade um nome mais adequado para a área em que foi colonizada. O nome Pasadena foi escolhido e usado pela primeira vez em 1875 por seu significado nativo americano de “coroa do vale” ou “vale entre as colinas”. Pasadena é o lar de um dos eventos mais conhecidos nos Estados Unidos. A cidade realiza o Torneio de Rosas todos os anos no Dia de Ano Novo desde 1890. Durante o Dia de Ano Novo, muitos eventos acontecem, incluindo um grande desfile e o famoso jogo de futebol Rose Bowl. A educação é importante para os residentes. As principais escolas de ensino superior que reivindicam Pasadena como sede incluem o California Institute of Technology, Pacific Oaks College e várias outras grandes faculdades comunitárias. Também na área de Pasadena estão o Norton Simon Museum of Art e o State Theatre of California. Esses, junto com muitos outros locais recreativos, oferecem grandes atrações para visitantes e residentes.


Pasadena

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

Pasadena, cidade, condado de Los Angeles, sul da Califórnia, EUA. Ele está localizado no vale de San Gabriel, na base das montanhas de San Gabriel. A área fazia parte do Rancho el Rincon de San Pasqual, uma seção nordeste da Missão San Gabriel (1771). A cidade foi fundada em 1874 por Thomas B. Elliott como Indiana Colony. O nome Pasadena, uma palavra Chippewa que significa "coroa do vale", foi adotado em 1875. O crescimento da cidade como um resort de inverno e centro cítrico foi estimulado pela Santa Fé A ferrovia e a subsequente construção da autoestrada trouxeram-na para uma distância de fácil deslocamento para Los Angeles, que fica a 12 milhas (19 km) a sudoeste.

A economia de Pasadena é parcialmente baseada no California Institute of Technology (1891), que inclui o Jet Propulsion Laboratory operado em conjunto com a National Aeronautics and Space Administration. A cidade tornou-se um centro de pesquisa científica e manufatura leve, principalmente de instrumentos de precisão e componentes eletrônicos, aeronáuticos e de mísseis.

Pasadena City (comunidade) College (1924), Pacific Oaks College (1945) e Art Center College of Design (1930) estão localizados na cidade, que também é a casa do Pasadena Playhouse. O Norton Simon Museum of Art (anteriormente Pasadena Art Institute e Pasadena Museum of Modern Art) é conhecido por sua coleção, assim como a Biblioteca Huntington na vizinha San Marino. O Pacific Asia Museum contém exposições sobre a história e as artes da Ásia e do Pacífico. Seus terrenos contêm um pátio com jardim chinês e lagos de carpas. A cidade é talvez mais famosa por seu Torneio de Rosas no Dia de Ano Novo, realizado pela primeira vez em 1890, que apresenta um desfile televisionado com a participação de várias centenas de milhares de pessoas e o clássico Rose Bowl, uma competição entre dois grandes times de futebol americano universitário. A Floresta Nacional de Angeles fica ao norte da cidade. Inc. 1886. Pop. (2000) 133.936 (2010) 137.122.


Desenvolvimento precoce

Pasadena é uma parte da concessão de terras mexicana original doada originalmente da Espanha para o México, chamada Rancho del Rincon de San Pascual, [1] assim chamada porque foi concedida no domingo de Páscoa a Eulalia Perez de Guill & # 233n Marin & # 233 da Missão San Gabriel Arc & # 225ngel. O Rancho compreendia as terras das atuais comunidades de Pasadena, Altadena e South Pasadena.

Antes da anexação da Califórnia em 1848, o último dos proprietários mexicanos foi Manuel Garfias [1], que manteve o título da propriedade após a criação do estado em 1850. Garfias vendeu partes da propriedade aos primeiros colonos Anglo que chegaram à área: Benjamin Eaton, o pai de Fred Eaton e do Dr. S. Griffin. Grande parte da propriedade foi comprada por Benjamin Wilson, que estabeleceu sua propriedade Lake Vineyard nas proximidades. Wilson, conhecido como Don Benito pelos índios locais, [1] também era dono do Rancho Jurupa (Riverside, Califórnia) e prefeito de Los Angeles. Ele é o avô do General George S. Patton, Jr. da Segunda Guerra Mundial e teve o nome de Mount Wilson em sua homenagem.

Origem do nome

Antes da década de 1890, a correspondência era entregue na Colônia de Indiana via Los Angeles. Na tentativa de obter seu próprio correio, a Colônia precisava mudar seu nome para algo que o Postmaster General considerasse apropriado. Para esse fim, os pais da cidade colocaram três nomes em votação. O primeiro foi "Indianola", o segundo foi "Granada", de acordo com a herança espanhola da região. O terceiro nome foi proposto pelo Dr. Thomas Elliott, que contatou um amigo missionário em Michigan que havia trabalhado com os nativos americanos Chippewa de Minnesota, embora a língua Chippewa não tivesse ligações com o sul da Califórnia. Ele enviou quatro nomes para tradução: "Coroa do Vale", "Chave do Vale", "Vale do Vale" e "Colina do Vale". Todas as traduções terminaram em "pa-sa-de-na", que significa "do vale". [3] Devido à sua natureza eufônica, Pasadena foi escolhida, colocada em votação e aceita, embora os mapas do Wheeler Survey de 1878 mostrem os nomes "Indiana Colony" e "Pasadena" no mesmo local. Em março de 1886, Pasadena se tornou o segundo município incorporado, depois da cidade de Los Angeles, no condado de Los Angeles.

Em 1892, John H. Burnett de Galveston, Texas, visitou Pasadena. Depois de voltar para casa, Burnett planejou uma cidade ao longo de dois igarapés, com sua vegetação exuberante semelhante, batizando-a de Pasadena, em homenagem à cidade da Califórnia. [4] Pasadena é uma das duas grandes cidades da região que compartilha seu nome com outra grande cidade americana. (Veja Glendale, Califórnia e Glendale, Arizona)


História e Arquitetura da Prefeitura

Pasadena City Hall é um dos melhores exemplos do estilo mediterrâneo da Califórnia. É o edifício dominante no Pasadena Civic Center, um complexo de edifícios governamentais, institucionais e culturais que sintetizam o movimento City Beautiful.

Desde sua inauguração em 27 de dezembro de 1927, a Prefeitura de Pasadena, de 80 anos, continua sendo um dos prédios públicos mais distintos dos Estados Unidos e está listada no Registro Nacional de Locais Históricos.
& quotUm edifício oficial de beleza imponente, maciço mas elegante e adequado a uma terra de flores e sol & quot é o que o Conselho de Administração de Pasadena (chamado de Câmara Municipal nos tempos modernos) tinha em mente quando se comprometeu a construir a atual Prefeitura.

O caminho foi preparado em 1923, quando o povo de Pasadena aprovou uma emissão de títulos de $ 3,5 milhões para estabelecer um centro cívico. A firma de Chicago de Bennett, Parsons and Frost foi contratada para traçar um plano de centro cívico. Os planejadores estabeleceram a Avenida Garfield como um eixo, no qual a Prefeitura seria o elemento central, com a Biblioteca Pública de Pasadena ao norte e o Auditório Cívico de Pasadena ao sul. Também incluídos no projeto original estavam o Departamento de Polícia de Pasadena, o Tribunal Municipal de Pasadena, a YMCA, a YWCA, a Southern California Gas Company e os Correios dos Estados Unidos. Ao longo dos anos, o novo prédio da polícia e o tribunal do condado foram adicionados. O prédio da YMCA agora é Centennial Place, um complexo residencial de ocupação de um quarto, e o prédio da Southern California Gas Company agora serve como o Centro de Permissões da cidade. O prédio da YWCA está desocupado devido a problemas sísmicos e outros.

A Prefeitura de Pasadena foi listada no Registro Nacional de Lugares Históricos em 28 de julho de 1980 (o número da lista é 80-000813) como contribuinte do Distrito do Centro Cívico de Pasadena. A significância listada é em nível nacional. Conforme citado no Registro Nacional de Inventário de Locais Históricos Formulário de nomeação: O distrito, um Centro Cívico projetado por Bennett, Parsons e Frost, é um exemplo nacionalmente significativo de arte cívica no estilo 'City Beautiful' da década de 1920 . As principais características do plano foram realmente executadas e os principais edifícios (incluindo a Prefeitura) realmente construídos, por arquitetos nacionalmente reconhecidos em um estilo homogêneo.

O custo original para construir a Prefeitura de Pasadena foi de US $ 1,3 milhão. Para o projeto final, a firma de arquitetura de San Francisco de Bakewell and Brown se voltou para o estilo do arquiteto italiano do século 16 Andrea Palladio, que havia estudado e admirado o arquiteto romano Vitruvius, assim como os padres construtores de missões da Califórnia. Palladio representava o estilo simples, sereno e clássico do início do Renascimento, em contraste com o estilo gótico da época medieval e o estilo rococó do final do Renascimento.

Três famosas estruturas em cúpula europeias mostram a influência de Palladio: a igreja de Santa Maria della Salute em Veneza, o Hotel des Invalides em Paris e a Catedral de São Paulo em Londres. Sem ser uma imitação direta, a Prefeitura de Pasadena se relaciona com todos eles.

Bakewell e Brown tinham uma pureza palladiana de gosto, mas abordaram o estilo livremente ao projetar a Prefeitura de Pasadena, enfeitando as paredes com uma quantidade moderada de ornamentação na forma de cabeças de leão e guirlandas simbolizando força e abundância , bem como pergaminhos com o símbolo oficial coroa e chave. A cúpula tem uma base sólida e é imponente, mas de aparência elegante e arejada. Bakewell e Brown pensaram em termos de um lustre aquecido pelo sol contra o céu azul e a vegetação com um toque de azulejos vermelhos e caminhos sombreados e enclausurados, um jardim e uma fonte espirrando. Eles também planejaram todos os quartos que seriam necessários para uma administração municipal ocupada muitos anos vindouros. Pasadena City Hall é um edifício retangular delineando um amplo pátio. Do lado de fora, mede 351 pés ao norte e sul e 242 pés a leste e oeste. O lado leste é uma galeria de um andar. Os outros três lados têm três andares de altura com pequenas torres em cada canto e a cúpula principal sobre a entrada oeste. Os 235 quartos e passagens cobrem 170.000 pés quadrados.

A enorme estrutura circular da torre eleva-se perpendicularmente por seis andares. O quinto andar tem 41 pés de altura e é perfurado por quatro enormes arcos redondos e quatro menores. A próxima história, um pouco recuada, tem 9 metros de altura e também é perfurada por arcos. Acima ergue-se a cúpula, com 26 pés de altura e 54 pés de largura. No topo da cúpula está a lanterna, uma cúpula apoiada em colunas de 41 pés de altura, encimada por uma urna e uma bola. O ponto mais alto está a 206 pés acima do solo.

As escadas têm degraus de mármore do Alasca, com balaustradas de ferro forjado. Pedra fundida é usada para enfeites de fonte e parede. O telhado é de telha de barro Cordova vermelha e a cúpula é coberta com telha de escama de peixe, originalmente multicolorida, mas agora vermelha. As lanternas das torres das escadas e da grande cúpula são revestidas a cobre. O piso do saguão principal e dos corredores é em azulejo Padre e a madeira no interior é de carvalho branco com veios verticais.

O pátio tem uma forte atmosfera colonial espanhola. O ponto focal é a fonte barroca de pedra fundida. 22,5 pés de altura com uma bacia de 25 pés de diâmetro. Caminhos de granito esmagado definem os canteiros de flores e arcos de clausura pavimentados com azulejos vermelhos do Padre circundam o pátio. Os carvalhos da Califórnia fornecem sombra para azaléias, hortênsias, rododendros e canteiros de plantas anuais que são plantados em uma base rotativa. Para ver as fotos originais da construção da Prefeitura, clique no link Fotografias abaixo.

CONDIÇÃO DE EDIFÍCIO ANTES DA CONSTRUÇÃO

Uma das principais razões para o retrofit sísmico da Prefeitura de Pasadena foi que r estudos na década de 1990 indicaram que grandes terremotos no futuro poderiam destruir completamente várias partes do edifício e resultar na perda de vidas.

O exterior do edifício era virtualmente o mesmo que foi construído em 1927. Embora partes do interior tenham sido modificadas ao longo dos anos, os principais espaços públicos e alguns dos escritórios mantiveram seu caráter histórico. Apesar dos grandes terremotos desde 1927, muito pouca reabilitação da fachada externa e detalhes arquitetônicos foi realizada, com exceção da restauração de duas torres de escada e uma cúpula na década de 1980 e reparo do remate no topo da grande cúpula em 1991 após o terremoto de Sierra Madre no mesmo ano ..

Embora o edifício parecesse estar envelhecendo graciosamente para o observador leigo, sofreu notavelmente com um grande número de rachaduras profundas e danos consideráveis ​​em duas das torres de escada e na lanterna na grande cúpula. O edifício sofreu muitos danos causados ​​pela água devido ao mau tempo e a reparações temporárias que nunca foram concluídas. As características externas de pedra de arte envelhecida teriam sido perdidas sem a restauração oportuna. Reparos em muitos elementos arquitetônicos, bem como na calçada de tijolos original, foram necessários para estar em conformidade com a Lei dos Americanos com Deficiências (ADA). Além disso, os desatualizados sistemas mecânicos, elétricos e de segurança de vida precisavam de uma substituição urgente.

A Prefeitura de Pasadena é reconhecida regionalmente, nacionalmente e internacionalmente e é motivo de orgulho para seus residentes. Pasadena tem uma riqueza de estruturas históricas, mas a prefeitura assume uma importância maior do que a maioria porque, e até ser fechada para restauração em 2004, ela serviu por 77 anos como sede do governo de Pasadena. Ele fornece uma conexão tangível com o passado, embora tenha funcionado admiravelmente para a maioria das necessidades municipais de hoje. E é, literalmente, um símbolo da cidade, da qual os cidadãos de Pasadena falam universalmente com grande interesse e orgulho. Em uma pesquisa conduzida em 2004 pela Pasadena Heritage, uma organização local de preservação sem fins lucrativos, a Prefeitura de Pasadena foi identificada tanto por visitantes quanto por residentes em seu edifício histórico favorito em Pasadena.

Para fotos mostrando a construção original da Prefeitura de Pasadena, condições pré-2004 de construção e fotos mensais mostrando a atividade de construção de 2007-2007Hall, por favor clique no link abaixo.


Pasadena at 125: História Antiga da Crown City

Neste mês, a cidade de Pasadena completa 125 anos. Situada a 16 km a nordeste do centro de Los Angeles, no sopé das montanhas de San Gabriel, Crown City tem sido um importante centro cultural do sul da Califórnia desde sua incorporação em 19 de junho de 1886. Os dias dos pomares de laranja perfumados e da caça organizada à raposa já se passaram, mas a história inicial de Pasadena sobrevive nos arquivos de LA como instituições membros do Sujeito.

Embora a cidade tenha nascido em 1886, Pasadena como comunidade remonta à fundação em 1875 da San Gabriel Orange Grove Association, uma cooperativa agrícola fundada em Rancho San Pasqual. A colônia de produtores de laranja de Indiana prosperou, e seu sucesso estimulou o crescimento de um assentamento em seu flanco oriental, centralizado em torno da intersecção de Colorado e Fair Oaks Boulevards. A comunidade logo adotou o nome Pasadena, derivado da palavra Ojibwa (Chippewa) para "do vale". (O apelido da cidade era Coroa do Vale.)

Com seu cenário semelhante a um jardim e clima mediterrâneo quente, Pasadena em seus primeiros anos atraiu turistas abastados e buscadores de saúde da Costa Leste, especialmente durante os meses de inverno. Muitos dos turistas voltaram mais tarde como residentes. Entre os transplantes orientais que se estabeleceram em Pasadena e arredores estavam Lucretia Garfield, viúva do vigésimo presidente dos Estados Unidos assassinado, e Owen e Jason Brown, filhos do abolicionista John Brown.

Outro, Thaddeus Lowe, retirou-se para Pasadena em 1890 após uma carreira ilustre como cientista e aeronauta chefe do Corpo de Balões do Exército da União durante a Guerra Civil. Nos anos seguintes, Lowe fortaleceria o papel de Pasadena como um destino turístico com sua ferrovia Mount Lowe, uma maravilha da engenharia que transportava visitantes bem acima das planícies de Pasadena até o topo das montanhas de San Gabriel.

Muitos dos pasadenanos recém-chegados trouxeram com eles as atitudes e convenções da classe média alta da Costa Leste, emprestando à jovem cidade uma pátina cultivada, quase patrícia. O exclusivo Valley Hunt Club, por exemplo, organizou excursões de caça ao coelho no Arroyo Seco, caça à raposa na tradição inglesa e eventos da grande sociedade. Um de seus eventos anuais, o Torneio das Rosas, gerou o mundialmente famoso Desfile das Rosas do Dia de Ano Novo, que em seus primeiros anos refletia a abundância de flores e outras plantas ornamentais que cercavam a cidade.

Uma comunidade artística floresceu na cidade também. Pasadena se tornou um locus da Cultura Arroyo, uma variação do movimento Arts and Crafts influenciada pela herança mexicana e indígena americana do sul da Califórnia. Em 1893, os irmãos Charles Sumner e Henry Mather Greene chegaram a Pasadena e fundaram o escritório de arquitetura Greene and Greene, mais famoso por sua Gamble House. Hoje, a Escola de Arquitetura da USC preserva os registros do escritório, papéis pessoais, fotografias e outros documentos dos irmãos nos Arquivos Greene e Greene, armazenados na Biblioteca Huntington e acessíveis online através dos Arquivos Virtuais Greene & Greene.

Outro produto da Cultura Arroyo foi a Throop University, uma faculdade particular fundada em 1891 para ensinar artes e ofícios à comunidade local. Com o passar dos anos, a missão da escola evoluiu, seu foco mudou para a tecnologia e, em 1920, ela foi renomeada como Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech). A universidade de Pasadena serviu desde então como a casa acadêmica dos físicos ganhadores do Prêmio Nobel Robert Millikan e Richard Feynman e conta com o matemático Benoit Mandelbrot e o co-fundador da Intel, Gordon Moore, entre seus ex-alunos.

As histórias que compõem os 125 anos de história de Pasadena carregam contradições que realmente revelam a complexidade do lugar de uma perspectiva que a maioria dos espectadores do Rose Parade nunca vê. A cidade que abrigou a lenda do beisebol Jackie Robinson também foi, em 1970, condenada por um juiz federal a cancelar a segregação de seu sistema escolar. Carros alegóricos incrustados de flores cruzam o Colorado Boulevard todo 1º de janeiro, mas a cidade também tem celebrado a excentricidade todos os anos desde 1978 com seu Doo Dah Parade. Se você estiver interessado em explorar mais a história da cidade, visite o Museu de História de Pasadena, que mantém exposições de história para o público e uma biblioteca de pesquisa para acadêmicos. Até 30 de junho, uma exposição especial de aniversário na Biblioteca Central de Pasadena apresenta imagens e artefatos das coleções do museu, bem como do JPL, do Pasadena Star-News, da Igreja de Santo André e de outras instituições de Pasadena.


Quem nós somos

Pasadena Water and Power é um empreendimento comunitário que sempre foi essencial para a saúde, economia e qualidade de vida de nossa cidade. Hoje, a PWP fornece eletricidade para mais de 65.000 clientes em Pasadena. Também fornecemos água para quase 38.000 residências e empresas em Pasadena e comunidades adjacentes no Vale de San Gabriel.

Organização e Governança

O Gerente Geral de Água e Energia de Pasadena se reporta ao Gerente da Cidade e é governado pela Câmara Municipal com supervisão do Comitê de Serviços Municipais da Câmara Municipal. O Conselho Municipal de Pasadena determina como os serviços da PWP são fornecidos dentro da comunidade, incluindo a definição de taxas e a aprovação de serviços. Os membros do conselho são residentes de Pasadena que são clientes da concessionária.

Além da responsabilidade local, o PWP está sujeito aos requisitos estabelecidos por vários órgãos reguladores estaduais e federais

A PWP está sob a gestão do Gerente Geral e organizada em cinco unidades de negócios distintas: Fornecimento de Água, Fornecimento de Energia, Fornecimento de Energia, Finanças, Administração e Atendimento ao Cliente e Relações com o Cliente e Legislativo.
O Comitê de Serviços Municipais, composto por até quatro Vereadores, supervisiona os serviços de eletricidade e água oferecidos por Pasadena Water and Power. Para obter informações sobre as pautas das reuniões, programação das reuniões e informações de contato, visite o Site do Comitê Municipal de Serviços.

A história da PWP começa quando o Departamento Municipal de Luz e Energia foi estabelecido em 1906. Os cidadãos de Pasadena aprovaram uma fiança de US $ 125.000 para construir uma usina de energia que eletrificaria as luzes da rua por menos do que Edison cobrava na época. Logo depois disso, outra medida de títulos financiou mais capacidade na usina de energia, e o departamento iniciou seu primeiro serviço elétrico comercial em 1908.

Em 1912, ciclos de seca e um boom populacional estimularam a cidade a estabelecer um sistema de água unificado e confiável. Após anos de luta política, os cidadãos aprovaram um título de US $ 1,2 milhão para a compra de três empresas privadas de água, e o Departamento de Água de Pasadena foi fundado.

Nas duas décadas seguintes, o departamento revisou a infraestrutura, modernizou as instalações de tratamento de água e garantiu novos suprimentos de água de longo prazo. Pasadena também assumiu um papel de liderança em questões regionais de água, tanto na formação do Distrito Metropolitano de Água do Sul da Califórnia em 1929 quanto na adjudicação de direitos de bombeamento para a Bacia Raymond em 1944.

Durante a Grande Depressão, fornecemos os empregos necessários e, na Segunda Guerra Mundial, contribuímos com o esforço de guerra. No século XX, a PWP se concentrou amplamente na expansão da infraestrutura de serviços e na aquisição de mais recursos para atender à demanda crescente. Mais recentemente, a PWP contribuiu para a qualidade de vida de Pasadena por meio de transferências multimilionárias para o Fundo Geral da Cidade, que apoia a proteção policial e contra incêndio, iluminação pública e manutenção, centros comunitários e assistência a residentes de baixa renda, entre outros serviços.

Atualmente, estamos focados na gestão de recursos de longo prazo e proteção ambiental, adotando metas ambientais agressivas que refletem os valores da nossa comunidade, incluindo a aquisição de mais energia renovável e recursos hídricos locais, enquanto continuamos nossa longa história de serviço confiável a taxas razoáveis.

Declaração de visão:

Pasadena Water and Power será um valioso ativo da comunidade, um empregador excepcional, um parceiro no futuro próspero de Pasadena e contribuirá para a qualidade de vida em Pasadena.

Nossa missão:

Pasadena Water and Power está empenhada em fornecer água e energia seguras e confiáveis ​​com atendimento ao cliente superior a preços razoáveis.


Os primeiros “primeiros respondentes” de Pasadena

Eles podem não ter se autodenominado a Brigada de Bucket de Pasadena, mas devemos considerar os cidadãos de Pasadena como os primeiros "primeiros a responder" desta jovem cidade. Não havia carros de bombeiros, postos de bombeiros ou hidrantes. Vizinhos correram para salvar suas casas e empresas - armados com baldes de água - o original peça de equipamento de combate a incêndios. Como os bombeiros do imperador César Augusto, eles trouxeram sua própria água para as fogueiras usando baldes. Algumas cidades americanas exigiam que os residentes mantivessem baldes na entrada de suas casas. Se eles não lutaram contra o incêndio, eles emprestaram seus baldes para aqueles que lutaram contra o incêndio. Os baldes eram adornados com desenhos e os endereços pintados nos baldes para ajudar no retorno aos proprietários.

Como iniciar um corpo de bombeiros

Dayton Street Firehouse, 1890 (coleção principal de fotos, D5-F1-12)

Conforme a população e os negócios de Pasadena cresceram, o perigo de incêndio aumentou, bem como as taxas de seguro. Os proprietários de negócios, estimulados pelas altas taxas de seguro, ficaram mais interessados ​​em estabelecer um corpo de bombeiros municipal. “O primeiro esforço já feito para organizar uma Companhia de Bombeiros em Pasadena ocorreu em janeiro de 1885.” [i] Uma reunião foi realizada no Webster Hotel, uma lista de vinte voluntários de combate a incêndios foi lida e o Brigada de Incêndio de Pasadena tornou-se uma realidade no papel. Em 13 de fevereiro de 1885, outra reunião foi realizada com discussões sobre a aquisição de equipamentos de combate a incêndios. As assinaturas foram solicitadas às empresas para cobrir o custo, mas os pagamentos das assinaturas não estavam disponíveis e os esforços para seguir em frente pararam. O Dr. HA Reid, presidente do primeiro comitê a estabelecer um corpo de bombeiros, citou um jornal local- “... nosso último incêndio mostrou claramente como eles [escadas e ganchos] teriam sido úteis.” [Ii] Esse "incêndio tardio" resultou na destruição de uma lavanderia chinesa e propriedades adjacentes em 5 de novembro de 1885.

[i] Hiram A. Reid, História de pasadena (Pasadena: Pasadena History Company, 1895). 290

Pasadena Hook, Ladder e amp Hose

Somente em 25 de agosto de 1887, títulos foram emitidos para proteção contra incêndio. Em 8 de outubro de 1887, foi adotada a Resolução nº 52, estabelecendo o Corpo de Bombeiros Municipal composto por empresas de ganchos, escadas e mangueiras. As oficinas de ferreiro da cidade fabricavam ganchos e escadas. Em breve, ganchos de mastro, ganchos de luta, escadas de escalada, cordas e baldes de couro puderam ser vistos em carroças feitas pela loja de vagões da cidade. Não podemos esquecer que esta pequena lista de equipamentos de combate a incêndios incluía cavalos fortes e ágeis para puxar as carroças. Naqueles primeiros dias, não havia bombeiros uniformizados. Chapéus (para proteção da cabeça) e cintos (para segurar machados) para os bombeiros só foram fornecidos mais tarde, quando os voluntários não quiseram trabalhar sem eles.

O M.M. Parker Silsby Steam Fire Engine

Retrato de Millard M. Parker, n.d. (Coleção Charles e Millard Parker, CMP 1.24)

Títulos de melhoria municipal pagaram o primeiro carro de bombeiros a vapor adquirido por Pasadena. Foi um dia emocionante quando uma locomotiva a vapor nº 2 de Silsby foi descarregada na estação ferroviária de Santa Fé em 1889. “A locomotiva é a melhor que poderia ser fornecida e custou cerca de US $ 4.600. É uma beleza e é bem calculada em sua aparência e ação para inspirar nossos bombeiros com aquele patriotismo ou heroísmo que todo velho bombeiro conhece e sente. ” Chamado de “M. M. Parker ”, em homenagem ao Presidente do Conselho Municipal na época, Millard M. Parker, o motor era“ um elogio adequado para um funcionário público trabalhador e zeloso ”. [eu]

o Los Angeles Times de 10 de julho de 1889 relatou “O novo carro de bombeiros, o“ M. M. Parker ”foi testado esta tarde e considerado perfeito em todos os aspectos”. Uma longa lista de engenheiros testemunhou os testes, incluindo P.H. Juiz, engenheiro da Ferrovia Santa Fé e Thomas Strohm, Chefe do Corpo de Bombeiros de Los Angeles. “O primeiro teste foi na esquina da Colorado Street com a Marengo Avenue, e com 40 libras de vapor um jato de água de um bico de 1 ½ polegada foi lançado a 140 pés de altura. O próximo teste foi feito perto do Raymond [Raymond Hotel], e o motor atendeu satisfatoriamente a todos os requisitos. ”

Um escritor do jornal Pasadena Independent Star-News de 14 de maio de 1961, comentou sobre os cavalos puxando o motor, “Deve ter sido uma grande visão vê-los galopando pela Green Street com 7.725 libras“ M. M. ” a reboque, emitindo um longo jato de fumaça. Antigo “M. M. ” poderia jogar um jato de água no topo do Green Hotel, afirma o registro. ” Observação: o coronel George G. Green, proprietário do Green Hotel, construiu o hotel para ser à prova de fogo e o anunciou como tal.

Pasadena's First Fire Engine, 1890 (Cortesia da Pasadena Public Library, ppl_14550)

Um incêndio que poderia ter destruído o novo motor ocorreu durante o teste naquele dia. “No julgamento perto do Raymond, o motor, que foi colocado em um terreno baldio coberto com ervas daninhas secas, incendiou as ervas daninhas, e a pintura do motor foi gravemente chamuscada antes que o fogo pudesse ser apagado.” Se o motor foi usado para apagar o incêndio, não foi mencionado.

Esta "inauguração" não planejada certamente não foi intencional, mas é uma reminiscência da cerimônia tradicional para preparar um novo carro de bombeiros para o serviço. Essa cerimônia conhecida como “molhar” e “empurrar” evoluiu a partir da rotina de separar os cavalos do carrinho do pumper, com os cavalos e o pumper sendo lavados pelos bombeiros. O motor seria então colocado em seu lugar no celeiro ou casa de bombeiros. Transferir água de um carro de bombeiros antigo para um novo faz parte da tradição de hoje. Em 18 de outubro de 2018, San Marino Tribuna relataram sobre o evento "push-in" de seu corpo de bombeiros que "o ato de transferir água para a nova viatura de bombeiros representa vida, além de estar sempre pronto para proteger". Os bombeiros e os cidadãos locais ajudaram a empurrar o motor para trás, para dentro da estação - uma tradição dos dias em que os homens faziam isso porque os cavalos eram incapazes de empurrar a carroça para trás.

[eu] Los Angeles Times, 27 de outubro de 1889, p. 7 imagem digital, jornais.com.

Novo alarme de incêndio melhora o tempo de resposta

Uma investigação da cidade sobre o incêndio na casa da família Beaton, que ceifou a vida de três crianças em 18 de setembro de 1889, "levou a medidas vigorosas para melhorar e aperfeiçoar o corpo de bombeiros". [I] O conselho municipal emitiu novas instruções de procedimento e um novo incêndio a campainha de alarme foi ordenada. Até que um sistema de alarme elétrico contra incêndio fosse instalado em toda a cidade em 1891, sinos em escolas e igrejas e uma arma ocasional disparada para o ar alertavam os homens para suas funções de combate a incêndios.

Daqui para frente

Mapa do seguro contra incêndio de Sanborn, em Pasadena, Condado de Los Angeles, Califórnia. Sanborn Map Company, junho de 1890. Map. https://www.loc.gov/item/sanborn00749_004/

Os mapas do Seguro contra Incêndios Sanborn de 1889, 1890 e 1894 oferecem uma comparação da equipe e do equipamento do Corpo de Bombeiros de Pasadena. É evidente que a cidade de Pasadena estava avançando para construir um corpo de bombeiros que atendesse às necessidades da crescente cidade que atendia.

O cão bombeiro de Pasadena, Buster, 1909-1910 (Cortesia da Biblioteca Pública de Pasadena, ppl_14464)


Segunda Guerra Mundial e consequências (1941-1969)

The Second World War proved to be a boom to Pasadena as Southern California became a major staging area for the Pacific War. High tech manufacturing and scientific companies made the city their home, a trend which continued in the decades following the war, notably with NASA's Jet Propulsion Laboratory, Tetra Tech and Ameron International.

In the 1950s, Pasadena saw a steady influx of people from the Southern United States, especially African-Americans from Texas and Louisiana. Pasadena also began hosting a large immigrant community, particularly from Guatemala, El Salvador, and Armenia.


Pasadena, The Early Years

Book Topics: Early cattle industry, Samuel Allen Ranch, railroad development, new towns (Pasadena, Deepwater, Deer Park, Lomax, La Porte, Seabrook, Genoa and South Houston), local history, genealogy, Galveston Hurricane of 1900, strawberry farming, oil & gas industry, J. S. Cullinan, Houston Ship Channel, first airplane flight in Texas, World War I, school development, church development, Hoof & Mouth Disease, Hurricane of 1915, Sylvan Beach, refineries, Great Depression and medical practices.

Research Materials: All of the research material for the book were donated to the San Jacinto College Central Library so that it would be publically available for anyone interested in the Pasadena area history. Unfortunately several years later San Jacinto College "repurposed" their holdings and their collections. The Texana Collection will be moved to the North and South Campuses and the Pomeroy Collection was moved to the Pasadena Main Library in 2011. In order to facilitate local history research the collection, plus the additional material from David's second book, Historic Pasadena, Texas, have been moved to the Pasadena Heritage Park in 2015. Additional contributions are encouraged as is research in the wealth of information that has already been collected.

Pasadena, The Early Years is the book that chronicles the founding of the community of Pasadena, Texas in the early 1890s and its subsequent agricultural History. The story ends on the eve of World War II and the opening of Champion's (now Simpson) paper mill in 1937. With the neighboring petrochemical industries developing along the Houston Ship Channel and the subsequent demands unleashed by the war effort, Pasadena was transformed into an industrial community that has since grown to be the second largest city in Harris County and the fifteenth largest in the state.

The history of Pasadena is the summation of the histories of those men and women who settled the area. They came to start over or to find new opportunities. The concept of a community, and the creation of Pasadena was the work of many individuals. They each helped lay the foundations: school, church, commerce, and government. In the end their labor bore fruit as their community blossomed into the city of "Pasadena."

Pasadena, The Early Years records hundreds of individual memories and stories, weaving them into a saga of how people responded to adversity and opportunity. Over 200 photographs illustrate the people and the times of early Pasadena. The forces that shaped the community, both from within and from without, are explored. Each adversity, each opportunity, and each response built a strong foundation that enabled the community to easily and successfully shift from a small farming village to the booming industrial city of Pasadena, Texas.

Pasadena, The Early Years : Hardback, 500 pages, 200+ photographs, Indexed, Bibliography, ISBN: 0-945010-00-1, $22.95 Out of Print. Check e-Bay for a used copy. A revised paperback edition bhas been in the works but now will be published as an eBook. I am embarrassingly behind on my work so please accept my apologies.

For More Information about Pasadena and its Local History:

  • Pasadena's Historical Timeline
  • Frequently Asked Questions about Pasadena History,
  • The Indians of Pasadena's pre-history
  • The Cowboys of the Allen Ranch
  • The Great Galveston Hurricane of 1900
  • Historical web site on Houston
  • New Handbook of Texas articles on Pasadena and on the Allen Ranch

Educational Resources ( Museums, Libraries, Historical Markers, Tours) :

  • Pasadena Heritage Park
  • Local History Museums
  • Libraries for additional research on local history
  • Selected Bibliography
  • Interesting local Historical Places
  • Historical Markers in Pasadena and Southeast Harris County
  • School Tours and Living History events enhance history
  • San Jacinto Area Tourism Council invites you to visit other sites & events in the area.
  • Come visit the Pasadena Strawberry Festival each May at the Pasadena Convention Center & Fairgrounds.
  • The most unique historically themed restaurant in Texas was the Cowboy Ranch in Pasadena. It celebrated Pasadena's history.
  • About the Author, C. David Pomeroy, Jr.
  • What else is David working on?
  • e-mail for questions or to share information.

This Web site created and maintained by C. David Pomeroy, Jr. with invaluable assistance from Dennis Webb


Flowers of Marengo

Pasadena was founded on January 24, 1874 by a group of Indianans and Los Angeles investors under the name "The San Gabriel Orange Grove Association." Members of the colony intended to support themselves through farming and fruit growing. A real estate boom between 1886 and 1888 increased speculation and settlement. Schools, shops, businesses, a post office, a newspaper, and a bank were established, and Pasadena was officially chartered on June 19, 1886. Because of the pleasant climate, the city was advertised as a health resort and winter retreat. The Los Angeles and San Gabriel Valley Railroad brought visitors to Pasadena from Los Angeles. Resort hotels and winter homes began to appear to serve wealthy Easterners, and houses and businesses were built for the expanding permanent population. The city prospered and grew as a haven for artists, scientists, and intellectuals who enjoyed its small town atmosphere and proximity to Los Angeles.

The area know as Monk Hill commands a view of the city in all directions from atop a steeply sloping hill. Originally part of the Wilson Ranch, the area came to be called Monk Hill following its purchase in 1986 by Henry G. Monk of Boston. Monk bought about 2,000 aches, including the "red hill," named for the color of the soil. With the land came rights to all the waters flowing into Millard's Canyon above its mouth.

In the early 1880', John H. Painter and Benjamin Franklin Ball acquired the land, bounded by Altadena on the north, Villa Street on the south, Lake Avenue on the east, and the Arroyo on the west, for $25 an acre. Painter and Ball founded the North Pasadena Land and Water Company. They later divided the land into approximately fifty to sixty tracts, and sold it at a sizable profit. Known as North Pasadena, most of this area was annexed to the City in 1904.

A friend of abolitionist John Brown who led an attack on Harper's Ferry in 1859, John H. Painter was a fellow abolitionist and Quaker, and opened his home for Quaker meetings. He donated lumber, land, and money to both causes, including aiding the construction of a Meeting House on Marengo Avenue near Orange Grove Boulevard. Painter Street was later named for him. His sons, Alonzo and Milton, built a horse-car line up Fair Oaks Avenue from Colorado Boulevard to Mountain View Cemetery in altadena. It ran past their three-story hotel on Washington Boulevard, built in 1887-1888, which extended from Fair Oaks to Raymond Avenue. Originally called the Painter Hotel, it was renamed "La Pintoresca.". "Pintor" means painter in Spanish, and the name referred both to the owners and the picturesque setting and beautiful architecture. The hotel was the northernmost of the tree resort hotels along Raymond the souther two were the Raymond and the Green. In 1912 the hotel burned down, and the land was purchased soon afterward by the City of Pasadena for a park and branch library. (See #1 on the map and in the text).

Although the present library was not built until 1930, the neighborhood already had a small library started by the Women's Christian Temperance Union in 1905. It was the first branch library in Pasadena, and was housed in the basement of the Washington Street Methodist church.

The Methodist church is closely linked with the history of this area. The current church building at Washington Boulevard and Iowa Avenue was built in 1905 after the previous building was struck by lightning and burned down. The small hill to the southeast of Monk Hill, known as Crown Hill, was acquired in the 1880's by Colonel W.H. Harrison who built "the Castle." (#28) After passing through several hands, the property was purchased in 1922 by Mrs. George Robinson. A former university professor active in the Methodist Church, she gave the house and grounds to the church to serve as a home for retired deaconesses, naming it "Robincroft," a combination of her names (Boncroft and Robinson). Small bungalows built around the castle in the 1920's served as retirement homes for Methodist ministers and missionaries from around the world.

The highest rise, know as Monk Hill, was for years the site of the annual Independence Day fireworks celebration. Because of its ideal location and magnificent view of the city, the city considered making the site a permanent park. Architects Greene and Greene designed a large pergola crowning the hill and known as the "Shelter for View lovers." It was replaced by Washington School in 1924.

Washington School, the first school in the area, was called the "Monk Hill" School. Seen in the photograph below, it was located on Washington near Raymond. In 1888 a red brick school house was built at Summit Avenue and Howard (then known as Dakota) Street. This was replaced by Washington Elementary and Junior High Schools in the 1920's. Designed by Allison and Allison, the familiar tower atop the hill dominated the city skyline and is still a landmark. (#22) Generations of Pasadena residents graduated from Washington, including Jackie Robinson, the first black player in major league baseball.

Many people prominent in the history of Pasadena lived in the neighborhood of Monk Hill during its early years. Pasadena pioneer James Forbes built the house at 1393 North Marengo built their home at Marengo and Grand View Street. (#20) Judson F. Jones, secretary of the Pasadena Orange Grower Association at the turn of the century, built the house at 1443 North Raymond about 1=895. Alfred C. Howland, a nationally renowned 19th-century artist, retired to Pasadena and lived at 333 Howard Street (#19) The house later became the home of another well-known artist, Geraldine Birch Duncan, who lived there for about fifty years. Elizabeth Morrison Boynton Harbert was a nationally prominent feminist, suffragette, and friend of Susan B. Anthony. She and her husband, a prominent Chicago attorney, lived at 1671 North Raymond from about 1903 until the 1920's. (#6)

While Raymond Avenue still reflects its grand past with large Victorian and Craftsman houses built between the 1890's and 1920 and set back from the street, most of the houses in the neighborhood were built or purchased by working class families in the 1920's and 1930's. Howard Street, for example, is lined with small bungalows in a variety of twentieth century styles reflecting this history. Many early residents on the streets were firemen, as the fire station, seen in the photograph below was located at Marengo and Howard. The new fire station at 1435 Raymond was built in 1938, as a WPA project of the New Deal. (#2) With its new fire station, school, library, and dozens of modest homes, the neighborhood blossomed during these two decades.

The origin of the street names also reflects the neighborhood's history and development. Penn Street was probably named for Quaker William Penn by John H. Painter, and Iowa Street may have been named by Henry Rank, one of Pasadena's earliest pioneers who came from Iowa and lived in the neighborhood as early as the 1880's. Rank built the house at 1409 Summit around 1900. Marengo Avenue, which runs the entire length of the city, sloping steeply through Monk Hill, was named for Joseph Brent's Marengo ranch, which was, in turn named from Napoleon's victory at Marengo in northern Italy. President James Garfield, whose widow lived in Pasadena, was the inspiration for Garfield Avenue, while Raymond Avenue was the namesake of Walter E. Raymond, owner of the Raymond Hotel. Grand View Street was named for its view of the city, and Summit Avenue because it climbed to the summit of Monk Hill. Elizabeth (originally Cherry) and Howard (Dakota) Streets were named for Elizabeth and John Howard, who lived at Howard and Lake Avenue.

The streets themselves add beauty and interest to the neighborhood. Many of the street trees date to the 1920's and form canopies over the streets, uniting the houses along both sides. Howard and Penn streets feature mature oak trees, while immature oaks line Garfield. Young live oaks grow along Washington. Elizabeth hosts camphor trees, Marengo sports cherry and oak trees, and young ash trees are found along Raymond. In addition to the trees, many streets feature original arroyo stone retaining walls. Beautiful examples are found along Washington, Raymond, and Garfield. Remnants of decorative pillars and retaining walls can be seen in front of houses throughout the neighborhood, including those along Hoard and Summit.

Some of the buildings in Monk Hill date from the 1890's, and their architectural styles range from Victorian Queen Anne and vernacular, to early twentieth-century Mission, Craftsman, and Period Revivals, to 1920's mediterranean and Colonial Revival bungalows, to 1930's Streamline Modern and 1950's International Style. As you walk through the neighborhood, notice how the integration of styles reflects the changing history of the area.

1 La Pintoresca Park and Library, 1925 1930
Washington Boulevard and Raymond Avenue

The site of La Pintoresca (Painter) Hotel, the land was acquired by the City when the hotel burned down. Landscape architects Theodore Payne and Ralph Cornell laid out the park in 1925. Many of the trees and plantings date from the 1880's, when they were part of the grounds of the hotel. The spanish Revival library, designed by Cyril Benett and Fitch Haskell in 1930, complements the 1925 Electric Substation, also by Bennett and haskell, at the northeast corner of the park. Clerestory windows in the central tower illuminate the reading room and circulation desk in the center of the building, which is laid out in a Greek cross plan. The library and park are listed on the National Register of Historic Places.

2. Raymond Avenue Fire Station, 1938
1435 North Raymond Avenue

This 1938 Mediterranean style fire station by Glenn Elwood Smith was a Works Progress Administration project of the New Deal. The large arches providing access for the fire trucks are flanked by iron lanterns, and the building features interesting detailing around the doors and windows. This fire station replaced the original one at the corner of Marengo and Howard.

3. Washington Elementary School 1922
1520 North Raymond Avenue

Arcaded passageways connect the classrooms in this Mediterranean style complex built around landscaped courtyards. Allison and Allison designed the elementary school in 1922 and the junior high school behind it (see #22) to replace the earlier red bric schoolhouse. The first "Home and School League" in California, the forerunner of the PTA, was organized to Washington in 1895.

6. Raymond Peen Court, 1890 1930
1673-1693 North Raymond Avenue

This Mediterranean bungalow court was built around the ca. 1890 home of Elizabeth and William Harbert, the two-story building in the center. Mrs. Harbert was a nationally known suffrage leader. Eleven new units were added to the property in 1930, utilizing the same stylistic elements. Bungalow courts combined the advantages of private homes with the economy of multi-family living. Behind the complex is an underground parking facility. Entered from Penn, it is an innovative solution th the parking problem of a multiple-dwelling unit.

22. Washington Junior High School
1923-1927
195 Grand View Street

The Mediterranean style school complex with its landmark tower and red tile roofs crows the summit of Monk Hill. The main building, designed by Allison and Allison, who designed Royce Hall at UCLA, is built in a square with a landscaped interior courtyard. Entries to the building are marked by formal stairs and arches. The central octagonal tower affords a view of Pasadena in all directions. Additional buildings have been added over the years as well as a bridge across Howard Street, also designed by Allison and Allison. Following an earthquake in 1933, the buildings were reinforced and remodeled by Frederick Kennedy Jr. , in accordance with the original plans.

26. North Pasadena Methodist Episcopal Church and Parsonage
1905 1913
119 121 East Washington Boulevard

Now the Grace United Methodist Church, this unusual 1905 church combines both Mission Revival and Victorian Gothic elements. In addition to the two-story tower, Mission features include the corner treatments and plain stucco walls. Victorian characteristics include the accentuated verticals, high-pitched roofs, bareboards and wooden brackets and trim, and lancet windows. The Craftsman airplane bungalow next door, built in 1913, served as the parsonage for the church. While it is larger than most bungalows, its composition is that of a Craftsman airplane bungalow, with its prominent use of natural material, open porch, and extensive landscaping. The second story, set back from the first, creates a cockpit over the body of the house, giving this style its name.

27. Robincroft Drive Group, 1950-1957
270 272 280 Robincroft Drive

Good examples of California architecture and the 1950's, these duplexes represent the contemporary domestic derivation of the International Style, an architectural tradition which exploited the materials and technology of the time and emphasized the functional aspects of the building. Structural walls have been replaced with window walls expressing the freedom of the skeletal frame. Other characteristics of these style seen here are the minimal use of decoration and the materials used - concrete, glass, and wood.

28. Robincroft Castle, ca 1899
275 Robincroft Drive

This romantic Victorian-Spanish castle atop what was called "Crown Hill" is one of Pasadena's last surviving mansions form the turn of the century. The Castle was designed in the Spanish tradition and landscaped with beautiful gardens and exotic plants as well as a small lake, and was feathered in the Tournament of Roses Souvenir Book in 1910. Jane Bancroft Robinson acquired the site in 1922 and transformed it into a retirement home for Methodist deaconesses and missionaries renaming it Robincroft. The lot, which once extended to Washington Boulevard, Garfield Avenue, Marengo Avenue and Grand View Street, was subdivided, and a number of bungalows were built on the property as a part of Robincroft. Most of these were eventually sold. The complex, which includes later additions, was acquired by a private corporation in 1980 to provide a retirement home for the community.

29. Charleston Terrace Court, 1939
393 East Washington Boulevard

This unique Modern bungalow court applied popular Streamlined detailing of the 1930's to the bungalow court for prevalent in Pasadena. The twelve units are united by a common tree-lined courtyard down the center. Streamlined details include the curved window bays with recessed lighting, smooth stucco walls, pipe railing ornamentation, and decorative mail slots. The sleek surfaces, curved lines, and horizontal emphasis of Streamline Modern celebrated the machine aesthetic, especially transportation machines, during the Depression decade.


Topics similar to or like History of Pasadena, California

City in southern Los Angeles County, California, United States, situated south of downtown Los Angeles. One of the oldest cities in the county and, on May 11, 1888, was the eighth city in California to incorporate. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. As of the 2010 census, it had a population of 25,619, up from 24,292 at the 2000 census. Wikipedia

City in the San Gabriel Valley, at the foot of the San Gabriel Mountains in Los Angeles County, California, United States, located 20 miles east of downtown Los Angeles. 46,361 at the 2010 census, up from 44,712 at the 2000 census. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States, and is one of several cities that constitute the Gateway Cities of southeast Los Angeles County. Incorporated on April 24, 1956. Wikipedia

Suburban city on the eastern edge of Los Angeles County, California, United States, 30 mi east of downtown Los Angeles. In the Pomona Valley, at the foothills of the San Gabriel Mountains. Wikipedia

City located in southeast Los Angeles County, California, United States, 13 mi southeast of downtown Los Angeles. Considered part of the Gateway Cities. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. 80,048 at the 2010 census. Wikipedia

City in Riverside County, California, United States in the Greater Los Angeles area. 7,879 at the 2010 census, up from 7,139 at the 2000 census. Wikipedia

City in San Bernardino County, California, United States, 56 miles east of Los Angeles. Located strategically near the Cajon Pass, Interstate 15, Interstate 10, and Metrolink routes. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. 21,321, down from 21,486 at the 2000 census. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. As of the 2010 census, it had a population of 53,764. Wikipedia

California superior court with jurisdiction over Los Angeles County, which includes the city of Los Angeles. Largest single unified trial court in the United States. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. According to the 2010 census, the city had a total population of 54,098, down from 55,266 at the 2000 census. Wikipedia

City in the San Gabriel Valley of Los Angeles County, California, United States. As of the 2010 census, the city had a total population of 33,371. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. Home to the Sunset Strip. Wikipedia

City in northern Los Angeles County in the U.S. state of California. The city lies in the Antelope Valley region of Southern California. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. 20,256 at the 2010 census, up from 20,046 at the 2000 census. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. 32,769 at the 2010 census, up from 31,712 according to the 2000 census. Wikipedia

Most populous county in the United States and in the U.S. state of California, with more than ten million inhabitants. Largest non–state-level government entity in the United States. Wikipedia

Largest city in California. Estimated population of nearly four million people, it is the second most populous city in the United States and the third most populous city in North America (after Mexico City and New York City). Wikipedia

Residential city in Los Angeles County, California, United States. Incorporated on April 25, 1913. Wikipedia

Suburban city in Los Angeles County, California, United States. 105,549 at the 2010 census and an estimated 103,949 in 2019. Wikipedia

City located in southeast Los Angeles County, California, United States. 12,823 at the 2010 census, up from 12,568 at the 2000 census. Wikipedia

City in southeast Los Angeles County, California. Incorporated on May 29, 1959, and is one of Los Angeles County's Gateway Cities. Wikipedia

City located in southeast Los Angeles County, California, in the Los Angeles metropolitan area. Founded in 1906 and incorporated on September 3, 1957. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. Smallest city in the county and was incorporated on April 9, 1964. Wikipedia

Los Angeles neighborhood in the Eastside Los Angeles region of Los Angeles County, California. Situated in today's El Sereno on the banks of a stream that was later named Arroyo Rosa de Castilla, which ran east of present-day Guardia and Farnsworth avenues. Wikipedia

City in Los Angeles County, California, United States. Approximately 20 miles east of downtown Los Angeles. Wikipedia


Assista o vídeo: California Mountain Lions: The Legends of California (Agosto 2022).